Laços de Sangue, por Richelle Mead

12 novembro 2013

Laços de Sangue – Série Bloodlines #1, por Richelle Mead
Seguinte, 430 páginas (Parceria)
O trabalho de Sydney Sage não é nada fácil: ela e seus colegas alquimistas são os únicos a saber que vampiros existem para além das telas de cinema – e são uma ameaça real à humanidade. Para manter a ordem, eles devem impedir que esse segredo vaze e que os mortais se aproximem desses seres perigosíssimos. Agora a paz que os alquimistas vêm garantindo há tempos está prestes a desabar, e Sydney terá de proteger a princesa vampira Jill Dragomir, ou uma guerra pelo trono eclodirá no mundo dos vampiros e trará consequências avassaladoras para os homens. 

Após ajudar Rose, uma dampira, Sydney Sage fica esperando o dia em que a levarão para o centro de reeducação, mas ao ser acordada bruscamente por seu pai, Jared Sage, a notícia que ela recebe é bem diferente. Atacaram a princesa Moroi Jill Dragomir e para mantê-la longe de perigo decidiram enviá-la para Palm Springs, um lugar quente onde ninguém iria pensar em ir. Sydney usa os seus melhores argumentos para ser escolhida para a missão a fim de salvar sua irmã Zoe que não tem treinamento suficiente, ela consegue ser escalada apesar dos protestos de Keith Darnell o responsável pela área de Palm Springs, mas sua irmã se sente humilhada e elas se desentendem.
Além de Jill, Sydney também terá a companhia de Eddie Castile o guardião da princesa os três se passarão por irmãos na escola Amberwood, os irmãos Melrose, e apesar de Adrian Ivashkov e Keith não estarem matriculados eles também se passarão por irmãos. Clarence Donahue, o único Moroi (segundo os registros de Keith) na cidade é o fornecedor de sangue para eles, e apesar de suas teorias sobre caçadores de vampiros que tanto irritam seu filho Lee, ele é um senhor sã e bastante simpático, porém Adrian não aguenta morar na mesma casa que o velho Moroi e não vê a hora de sair de lá.
Enquanto isso na escola, Sydney ganha destaque com a sua tatuagem dos alquimistas e sua inteligência atraindo a atenção e amizade de Kristin e Julia, além de Trey o monitor da sra. Terwilliger professora de história a quem Sydney também ajuda. Mas por outro lado Jill não está se saindo tão bem, com a atenção que ganha de Micah, o colega de quarto de Eddie, ela também ganha uma inimiga, Laurel que insiste em chamá-la de vampira. Ela saberia de alguma coisa? Até quando o segredo da família “Melrose” ficaria seguro? E Sydney, conseguiria aplacar as acusações de Keith?
Desde que vi Laços de Sangue acreditava que não ia entender uma linha sequer, mas me enganei. Richelle nos insere nesse mundo onde os vampiros são reais, mas eles são bem diferentes dos vampiros que conhecemos, aqui temos três definições: os Moroi (que são vampiros que podem sair ao sol, comem comida normal e tomam sangue para se fortalecer), os Strigoi (que são o pesadelo de todo mundo eles drenam todo o sangue não dó de humanos, mas de outros vampiros e depois matam) e os Dampiros (guardiões que são metade vampiro e metade humanos). Foi complicado diferenciar, acho que até agora ainda estou confundindo até porque tem muitos personagens nessa história.
Toda a narração é feita por Sydney, a alquimista, de forma sólida e fluida. Com seus medos, suas aspirações e determinação vamos descobrindo aos poucos o seu passado não só com a traição aos alquimistas quando ela ajudou Rose, mas também o que aconteceu entre ela e Keith, e entre ela e Abe Mazur – um Moroi convencido de sua capacidade de aturdir os outros. Sydney é responsável e é quem coloca o grupo em ordem, ela faz de tudo para que os alquimistas confiem nela e toma muito cuidado para não dar bandeira e ser taxada como Adoradora de vampiros.
Keith é um individuo insuportável, e isso não tem relação com o que Sydney sentia por ele, mas por sua postura perante os outros. Como queria o tempo todo rebaixar a alquimista mostrando que ela não merecia estar ali, e se fingindo de amigo quando na verdade ele nem queria estar perto dos vampiros.
Jill a princesa era um amor, como ela tinha a mesma idade de Zoe, Sydney tentava lhe ajudar sempre que possível e ouvia todas as suas reclamações e seus choros a noite por conta de pesadelos. Eddie o super guardião sempre estava de olho na protegida, e me passou a impressão de não ter mais nada para fazer, mas é impossível não gostar de Eddie até porque ele não faz nada para que seja visto com outros olhos.
Adrian realmente me deixou muitas vezes chocada, e ele foi um dos que mais me proporcionou alguns sorrisos com os seus comentários como “Essas mãos não fazem trabalho pesado”, mas por trás do Moroi sarcástico e indiferente existia um homem com os sentimentos devastados, ele ainda amava Rose e não fazia nada para esconder o sentimento.
Kristin e Julia tiveram um papel fundamental para ajudar a Sydney em suas investigações, assim também Trey. Além de a ajudarem a se sentir melhor na escola, como ela havia estudado apenas em casa a escola era uma novidade para ela, mas Sydney soube se adaptar muito bem.
Os Donahue, Clarence e Lee, também tiveram papeis importantes, não só pelo namoro de Lee com Jill, mas com o que a autora reservou para o final chocando os personagem e o leitor.
Fazia quase um ano que eu não li nada de vampiros, e tem quase o mesmo período que li um livro da Richelle. Fiquei totalmente envolta nessa trama, e apesar de no inicio me sentir confusa, logo peguei o ritmo. A maior parte do livro não tem muita ação, o que não me incomodou, no final temos “aquele” desfecho de tirar o fôlego.
A trama é meticulosa e ampla, senti falta apenas de um romance, por que a pobre Sydney ficou sozinha? Mas Richelle deixa uma brecha para um possível relacionamento. Bico fechado, não conto mais nada.
Para quem é fã da Richelle com certeza vai querer se aventurar na série Bloodilines, e quem gosta de história com os famosos vampiros também vai gostar muito dessa porque o enredo tem fundamento e é consistente.
Parabéns Richelle que este seja mais um ano produtivo, e que venham muitos outros para que você continue a nos agraciar com suas obras formidáveis! 

Série Bloodlines
Laços de Sangue #1
O Lírio Dourado #2
O Feitiço Azul #3
The Fiery Heart #4
The Silver Shadows #5

13 comentários:

  1. <3 estou apaixonada a cada dia por esse livro pois todo mundo fala super bem dele.

    ResponderExcluir
  2. Só tenho uma coisa a dizer... VOCÊ EM MATOU Raquel...rsrsrsrsrs
    Eu estou num hiato sobre livros seriados, estou dando um tempo, sem querer comprar e começar a ler histórias com mais de um volume, porque poxa, é demais, minha estante tem dezenas de séries e muitas delas incompletas pois os livros demoram a ser lançados =/
    Mas com essa resenha já vi que vou começar série nova. Pra início de conversa AMO vampiros e depois de ler essa sua resenha maravilhosa fiquei doida pra saber tudo sobre essa história.
    OMG!!! Preciso urgente.
    Beijão, valeu a dica
    Vivi
    RR

    ResponderExcluir
  3. Olá Raquel! Realmente o livro é um tanto monótomo, mas com o decorrer da historia, das investidas para descobrir alguns mistérios que intrigavam Sydney, nossa foi realmente de tirar o folego. Como sempre Richelle e suas artimanhas para nos deixar presso ao livro. É impossível, você começar ele e não querer cada vez mais e mais da historia.
    Olha sobre a Sydney ficar sozinha, bom não preciso dizer o quanto fiquei angustiada por causa disso, estava ali na torcida por ela e você sabe quem. Mas como você mesma disse, uma brecha foi deixada sobre isso, e acho que no segundo volume, terei o tão esperado romance.
    O livro em si é todo cheio de pontos soltas, que ao longo da historia são revelados, e é exatamente isso que nos deixa surpresos e felizes com a leitura.

    Flor adorei(impossível não gostar <3 ) de sua resenha. Como sempre bem detalhista e explicativa. Se alguém tem alguma duvida de ler ou não, tenho certeza que apos esta resenha irão correr para garantir a leitura.

    Parabéns a Richelle, que venham muito mais anos e livros é claro.Hahahahahahaha

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  4. Oi Raquel!

    Eu ganhei esse livro no sorteio da Companhia das Letras, mas como ainda não terminei Academia não li e confesso que li a resenha aos pulos para não pegar spoiler. Bom saber sobre a introdução do livro, pois se eu ler mais uma vez o que é Moroi, Strigoi e Damphir acho que enlouqueço hehe do tanto que autora repete isso em VA. Que bom que gostou, pois estou curiosa e quero ler assim que terminar Academia.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha Raquel. Quero muito ler Laços de Sangue, mas só depois que ler Academia de Vampiros, para não ficar perdida com a história. Ah, e claro, parabéns para a Richelle Mead pelo seu dia!! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. OI Raquel! Também tive receio de ficar perdida, mas consegui entrar na trama e curti muito. Vampiros são minhas criaturas sobrenaturais favoritas e gostei desta mitologia tão ampla de Mead. Muita saúde pra ela, e que traga muito mais obras para nós.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi, essa é a segunda resenha que eu leio deste livro e eu continuo achando a história interessante, mas não me atrai :(

    Acho que preciso me reconectar com as história de vampiros rs.

    Bjus.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. O povo fala tão bem desse livro/série que a cada resenha minha curiosidade só aumenta
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  9. Menina, eu não conhecia esse livro. E quando fui apresentada aos livros da Richelle ficava boiando com esse papo de Dampiros hahaha #noob
    Confesso que não me interessei muito pelo livro, principalmente pelo fato do inicio nos deixar confusos, sou chata com relação a isso, não tenho muita paciência para esperar o livro engrenar, sabe? Obvio que cada caso é um caso, o fato é que os livros da Richelle não me enchem os olhos. Dos personagens que você citou o Adrian foi o único me despertou interesse, adoro caras sarcásticos hahaah'

    Ótima resenha *-*
    Beijos,
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
  10. Oiee

    Adorei a resenha também li esse livro e resenhei no blog, gostei do livro e da narrativa da autora mas esperava mais ação o que teve no final.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu estava querendo ler esse livro, mas depois que vi que era relacionado com a serie que não li ainda, perdi a vontade. Quando ler a serie, eu vou ler esse.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Essa semana o que eu mais vi foram resenhas desse livro, e elas estão me deixando cada vez mais curiosa e animada para lê-lo. Mesmo jurando que não começaria mais uma série sem terminar pelo menos quatro das que eu tenho em aberto, está ficando difícil.
    Ótima resenha
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Hey! Como você, estava pensando que não iria conseguir ler uma linha pois acreditei ter ligação com os outros livros da autora. Fiquei curioso em conhecer mais das 3 facções e mais da história. A capa não é bonita, é chamativa.
    Linda resenha!
    xoxo

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar e volte sempre !