Legend, por Marie Lu

18 setembro 2013

LegendLegend #1, por Marie Lu
Prumo, 256 páginas
A Verdade Se Tornará Lenda - Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos.

Depois de ver tantas resenhas desse livro fiquei me perguntando qual seria o seu diferencial e o que teria agradado tanto os leitores.
Day tem quinze anos, sua família mora no Lake uma área pobre de Los Angeles que está muito afetada por vírus, mas ele não mora mais com eles. Day reprovou na prova da República e isso o fez se afastar de sua mãe, seu irmão mais velho John e o mais novo Éden. Ele comete pequenos delitos para ajudar em casa com comidas, remédios e roupas, mas seus atos tem consequências, Day é considerado o delinquente mais procurado da República, não que ele seja perigoso, mas ninguém sabe quem ele é. Quando as patrulhas marcam sua casa com um X vermelho ele sabe que tem de fazer algo, e não vai ser fácil, Day traça um plano arriscado para conseguir a cura para o pequeno Éden, ele invade o hospital, mas não há nenhum frasco da cura e durante a fuga ele se depara com o Capitão Metias Iparis para poder não ser atingido ele lança sua faca nele.
Do outro lado de Los Angeles está June Iparis, esta vive num mundo completamente diferente do de Day. Ela é um prodígio, a única a ter atingindo a nota máxima de 1500 pontos na prova e agora com apenas quinze anos ela está perto de já ter um cargo. Mais cedo seu irmão Metias a buscou na faculdade porque ela havia sido suspensa, mas ela não esperava receber a notícia de que ele havia morrido por Thomas. Desnorteada, June não consegue pensar em nada ao ver o corpo do irmão. A única certeza que ela tem é que precisa pegar o culpado, e vingar a vida do irmão com uma vida, e o principal suspeito pelo assassinato é Day.
June recebe sua primeira missão da Comandante Jameson, ela terá a chance de mostrar suas habilidades e se tiver êxito na busca por Day um cargo lhe será entregue. Thomas, amigo de Metias e dela a ajuda e logo June está nunca difícil caçada. Enquanto isso Day está sob os olhos de Tess a órfã que lhe faz companhia.
Devo dizer que me surpreendi. A narrativa é tão dinâmica que em poucas horas já havia devorado boa parte do livro, apesar de ser uma distopia me vi poucas vezes confusa. Marie nos apresenta um futuro maltratado, onde as pessoas devem agir por conta própria, onde as ruas são as casas de muitos e as lixeiras o prato de comida dos menos afortunados.
Vemos uma família a beira da miséria e um filho desesperado para garantir o melhor que consegue para manter a todos saudáveis. Um rapaz destratado e bondoso que apesar das surras levadas consegue agir com o coração, ele é apenas um garoto, mas com atitudes e responsabilidades de um homem. O amor de Day por Tess é como de um irmão para irmã, é tão bonita a atenção e cuidado que eles tem um para com o outro. Tess a garotinha frágil é muito mais forte do que aparenta, ela mostrou-se uma pessoa amável e guerreira, que apesar das condições ruins conseguia ver um lado positivo e crer nele.
Com as poucas passagens do passado lembradas por Day temos uma pequena amostra de seus familiares, Éden é um amável e feliz garotinho de apenas nove anos, logo ele será submetido a prova e o que seu irmão teme é que ele seja reprovado, porque ele sabe muito bem o que acontece aos reprovados. Já John também tem responsabilidades de um pai de família, ele conta com Day para manter a casa e toma conta de sua mãe.
June é uma garota bastante desafiadora, ela tem um pequeno fascínio pelo delinquente Day e quer provar que consegue fazer as mesmas coisas que ele. Tem medo de ficar só já que é órfã dos pais, e tem como companheiro seu irmão e o cão Ollie.
No início fiquei com raiva de June porque ela era uma garota feliz que tinha tudo sem precisar fazer muito esforço e estava atrás do pobre e infeliz Day, mas vemos que não há um errado, ambos tem os seus motivos e apesar de ter boa condição, June também tem suas perdas e tristezas.
Este livro me fez lembra o Sob o céu do nunca, vi pequenas semelhanças com a garota rica e o garoto pobre, seus universos diferentes que se interligam, e todos os mistérios que rodeavam os dois. A história é lacônica, porém não senti falta de nenhum detalhe, apesar do livro ser curto e a trama se desenvolver rapidamente não há pontas soltas ou mal elaboradas. 
Legend é um livro maduro que fala de família e de injustiças infligidas pela república; drama, mentiras e amor fazem parte do conjunto de uma forma que nos deixa curiosos. Para quem gosta do gênero, vale a pena conferir.

Legend #1
Prodigy #2
Champion #3

12 comentários:

  1. Eu li Legend faz pouco tempo e simplesmente amei o livro! Realmente, a June é insuportável no começo rsrs E o que mais me impressionou (e você colocou isso na resenha) é que o livro, apesar de ser pequeno, apresentou tudo o que a autora poderia nos proporcionar. O que eu quero dizer é que ele é completo :) Mal posso esperar para ler "Prodigy" :)

    Beijos,
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Leitura dinâmica é sempre muito bom. Gosto de livros que nos prende e quando nos deparamos, estamos assim, como você, lido muito sem ter reparado.
    Gosto de livros que sempre nos ensina algo, como as injustiças republicanas que é algo chave, não simplesmente um romance bobo e acabou.
    Adorei a resenha.
    M&N | Desbrava(dores) de Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi Raquel!

    Já tinha ouvido falar muito bem desse livro, mas essa é a primeira resenha que leio. Gosto do gênero distópico e a história me chama a atenção. Achei curioso quando li que a autora se inspirou no clássico Os Miseráveis para escrever. Ótima resenha. Já está na minha lista.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie :)

    Eu tenho muita vontade de ler esse livro mais por recomendação de vários amigos que dizem ser ótimos hahaha, sua resenha ajudou bastante na subida dele na lista de desejos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Parece ser muito bom
    E gosto desses livros que tem esses universos tão distintos se unindo
    Já estou seguindo;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Vi esse livro para vender mt barato aqui perto de casa, ai li sua resenha: vou comprar!
    haha
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  7. Oiee =D
    Engraçado ter se interessado pelo livro depois de várias resenhas que leu, no meu caso essa é a primeira que estou lendo. Gostei da tua opinião de sabe que o livro não tem ponta solta e ser um livro maduro. Quero ler com certeza!
    Beliscões carinhosos da Máh :)
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  8. Oi Raquel,
    Eu conhecia o livro, mas nunca tinha parado pra ler nada sobre ele. Fiquei realmente curiosa, principalmente porque gosto muito de livros de Distopia. Gostei da Sinopse e da sua resenha.
    Principalmente por ser maduro, fiquei muito interessada nesse ponto. Vou procurar saber mais.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu já ouvi falar muito bem do livro e como adoro distopias logo me interessei. Muito bom saber que a narrativa é dinâmica e que fala sobre família e tem drama. Quero ler !
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Esta June tem um jeito que vai me fazer passar raiva, já estou até vendo, mas eu sou fã de distopias, e esta tem sido um das mais elogiadas, espero mesmo ler em breve, e não pensei que fosse uma trama mais madura, os que li do gênero sempre são mais teen.
    Bjos!!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Estou com esse livro na estante aguardando minha leitura. Comprei numa super promoção, depois de ver muita gente falando bem,apesar de não conseguir gostar muito de algumas distopias, vou dar uma chance a esse, por ser um livro maduro como você disse.

    Beijos,
    Jéssica
    http://www.bestherapy.net/

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece tão bom, tão bom!! A capa é linda, a história é diferente e promissora e só vejo comentários positivos a respeito.
    Quero logo ler!
    Ótima resenha, beijo!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar e volte sempre !