A Costureira, por Kate Alcott

20 abril 2013

A Costureira, por Kate Alcott
Geração, 376 páginas (Parceria)
Uma jovem ambiciosa e uma estilista célebre sobrevivem ao maior naufrágio da História, mas são arrastadas pelo turbilhão de escândalos que se segue à tragédia. Tess Collins, uma jovem inglesa que sonha ser mais que uma empregada e ver reconhecido o seu talento para a alta costura, consegue emprego com a famosa estilista lady Duff Gordon a bordo do Titanic, que ruma para os Estados Unidos. Porém, a viagem que se iniciou de forma tão auspiciosa acaba se tornando a maior tragédia marítima de todos os tempos. Tess e lady Duff sobrevivem, a primeira para viver as aflições do amor e as chances de ascensão social, a segunda para se ver envolvida nos escândalos do inquérito sobre o terrível desastre naval. Com um pano de fundo histórico, mas sob um ângulo inédito, este soberbo romance acompanha a trajetória dessas duas mulheres apaixonadas pela linha e agulha, tão parecidas e tão diferentes, deleitando-nos com um retrato emocionante de uma época conturbada e de uma sociedade dividida. Tess simboliza a modernidade livre de preconceitos de classe e rica em oportunidades, enquanto lady Duff representa a decadente Belle Époque, um mundo de glamour e privilégio com os dias contados, assaltado pelas contestações sociais, indústria de massa incipiente e pressões da mídia.

Nossa viagem e A Costureira se inicia quando a jovem Tess decide que é hora de mudar de vida largando o seu emprego e indo parar no meio das diversas pessoas que embarcariam no grande Titanic. Um incrível coincidência do destino a leva até Lucile, a grande e renomada estilista Lady Duff Gordon, da qual é grande fã e até já fez um vestido copiando um dos seus. A estilista está indo para os Estados Unidos com o marido, Tess que está procurando alguém que a leve junto convence a dama, agora ela irá subistituir uma moça que trabalharia para Lucile.
Como muitos já sabem o grande navio afundou ao se chocar com um iceberg. Dentre os três já citados, outras também sobrevivem. Como Jim Bonney e Jack Bremerton, homens que Tess conheceu a bordo.
Depois do choque onde muitos morreram, em terra o senador Willian Alden Smith está preparando o inquérito onde recolherá dos sobreviventes algo que possa explicar como um navio tão equipado e cheio de pessoas responsáveis pela segurança dos tripulantes foi de encontro com um iceberg tão grande. Pink também está a espreita de todo o acontecimento e como o mesmo afetará a todos, ela é uma jornalista que faz ótimas matérias para o Times, mas será que essa será apenas mais uma matéria?
Todos os personagens foram descritos com uma riqueza de palavras que era como se ultrapassassem as páginas e estivessem ao meu lado. A perseverança de Tess é encantadora, ela surpreende por não agir como uma garota ingênua da cidade e por saber muito bem aonde pretende chegar; somos amarrados numa teia que tem como foco a busca dela pelas respostas quanto ao seu emprego e futuro que poderia ter ao lado de Lucile, e o coração que está dividido entre dois homens, fiquei ansiosa para saber com que ela ficaria.
Ao mesmo tempo, Pink procura desmascarar os fatos e um aumento de salário.
E não posso me esquecer da exuberante Elinor, irmã da grande mulher de pedra que é Lucile. Elinor é uma escritora criativa que ajuda a irmã e a Tess, ela foi uma personagem que me fez rir desde o início.
Posso me considerar leiga quanto a história do Titanic (o filme), achei que não ia gostar do filme, mas a leitura fluiu e me ganhou desde o início e posso dizer que me senti no navio. O que pode ter atrasado um pouco minha leitura foram as páginas que apesar de serem poucas, pareciam muitas quando folheadas por serem finíssimas.
Kate nos leva a uma história que não é apenas de Tess e onde ela chegou com sua confiança e coragem, mas histórias de superação e conquistas, sem falar no aprendizado, mesmo que elas não sejam totalmente verdadeiras.
E podemos sim tirar algo dessa leitura para a vida real, primeiramente a frase clichê: Lute por seus sonhos. Mas não apenas isso, o livro fala sobre agir por impulso, porém principalmente olhar a vida com o coração e não com egoísmo.
Recomendo o livro, não só para as fãs de Jack e Rose, mas para todos; às apaixonadas por romances, por justiça e por história.

15 comentários:

  1. Raquel, tenho tanta vontade de ler o livro. Vc nem imagina!!! Espero poder, em breve. A sua escrita só me deixou mais curiosa ...que maldade! hehehe

    Ah, vc me fez sonhar com sua resenha...adoro sonhos, quero muito realizar os meus e desejo que muitas pessoas possam realizar os seus.
    Beijinhos, querida.

    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tenho vontade de ler o livro, além dele está sendos uper bem falando ainda tem o lance do Titanic que despertou é muito minha curiosidade em o ler.
    Gostei da resenha, beijos...

    ResponderExcluir
  3. Raquel, a capa desse livro me deixa doida, é linda demais.
    Quero muito lê-lo pois qlq menção ao Titanic em deixa eufórica, adoro.
    Sua resenha está ótima, suas palavras a respeito dos personagens nos deixa ansiosos para conhecê-los.
    Fato, vou adquirir a obra assim que eu puder \o
    Beijos
    Viviane
    RR

    ResponderExcluir
  4. Esse livro está sendo meu livro de consumo e meta de leitura! Amei sua resenha. A capa é perfeita!
    Beijos
    http://radarmexeriqueiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito, parabéns pela resenha.Esse eu ainda não conhecia..to precisando comprar uns livros..rs!
    Beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu tenho lido muitas resenhas desse livro ultimamente, e todo mundo falando muuuito bem!!
    Não faz o meu tipo de leitura, mas depois de ser tão bem recomendado, acho que vou dar uma conferida!! hahaha

    ResponderExcluir
  7. Primeiro quero dizer que essa capa está um arraso! Pelo que você escreveu, eu entendi que ela retrata muito bem o livro. Já tinha ouvido falar desse livro, mas essa é a primeira resenha que li sobre ele, e a vontade de ler o livro mesmo, está bem maior agora! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  8. Achei interessante, parece de uma riqueza de detalhes! Estou louca para ler este livro a algum tempo :D

    ResponderExcluir
  9. Olá Raquel!
    Nem preciso dizer que a capa é maravilhosa né?
    Ah sua resenha, me deixou bem curiosa para conhecer esses personagens e saber mais sobre o Titanic!
    Adoro livros assim, que se baseiam em acantecimentos marcantes!!

    Beijos, Tahis!
    lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. A capa me ganhou de cara, agora gostei do enredo também.

    ResponderExcluir
  11. Quis ler esse livro de cara pela capa que é muito linda - e ai vem Gabriel e seu consumo louco por capas. kkk
    Adorei a sua resenha - mesmo não sendo uma das melhores que você produz. Sei que você pode mais, dear!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Olá raquel,olha eu compraria este livro somente pela capa.Que capa é essa...MUITO LINDA!

    Lendo sua resenha,achei a estoria bem interessante,mas não colocaria ele nas principais leituras,não sei não me senti muito atraia para ler ele,mas eu leria mais para frente(hahahahaha).

    A resenha esta bela Raquel,parabéns!

    Beijokas Ana Zuky

    sanguecomamor.blogspot.com.br

    ps:Folhas finas,aff!!!Ninguém merece(hahahaha)

    ResponderExcluir
  13. Já tinha visto esse livro por aí, mas nunca tinha parado pra saber um pouco mais sobre ele. Gostei bastante dessa ideia de desenvolver essa trama na época do Titanic, e no próprio Transatlântico. Gosto de protagonistas fortes e decididas, e a Tess me parece ser desse jeito.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  14. Não me interessou, já q não gosto de livro de época. E também não gosto do Titanic. A única coisa q me chamou a atenção realmente fui as duas mulheres serem apaixonadas por costurar. Mas pra mim, esse livro não agradou.

    ResponderExcluir
  15. Cresci chorando com Titanic, quero muito ler o livro pois sou super fã dos filmes! Adorei a resenha, vou ficar torcendo para ter a oportunidade de ler o livro.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar e volte sempre !