Princesas e Damas Encantadas, por Joseph Jacobs

19 dezembro 2011

Princesas e Damas Encantadas, de Joseph Jacobs
Martin Claret, 128 páginas (Parceria)
Diferentemente do estereótipo de princesa que conhecemos – mulher frágil e sempre à espera de um bondoso e belo cavaleiro que a proteja –, as princesas celtas são mulheres corajosas que enfrentam os mais temíveis perigos para conquistarem a felicidade. Elas combatem bruxas tiranas, recusam casamentos forçados, lutam pelos homens que amam e até mesmo os salvam de emboscadas. São espertas, hábeis e cheias de truques de magia. Em Princesas e damas encantadas, estão reunidos contos da cultura celta que foram recolhidos da tradição oral e recontados por Joseph Jacobs, folclorista e estudioso dos mitos e lendas britânicos. Constituem este volume 12 contos de princesas muito corajosas e de damas misteriosas e mágicas. Aqui, revelam-se outras versões para muitas histórias que você conhece, ou imaginava conhecer
Chegou para mim na quinta-feira passada este livro. Ele tem uma capa linda, da qual estou babando até agora, recheado com oito contos muito interessantes.
Os contos são: Árvore de Ouro e Árvore de Prata; Justa, Morena e Trêmula; Cabeça-Pequena e os filhos do rei; A história de Deirdre; Guleesh; O pastor de Myddvai; Connla e a donzela encantada e A princesa grega e o jovem jardineiro.
A maioria dos contos são passados na aldeia Erin, falam de egoísmo – o tanto que a inveja pode ser grande - ; esperteza e inteligência; destino; bondade; chances na vida; espera e surpresas.
Os personagens são muito interessantes, cada um com a sua personalidade e característica específica.
Gostei muito do terceiro conto, o da Cabeça-Pequena (não gostei desse nome, mas cada autor sabe como nomear seus personagens) que era uma moça rejeitada pela irmãs mais novas e pelo apelo da mãe age de forma inteligente para o bem dela e das irmãs más. Também gostei do último conto o do jardineiro, é o maior dos contos no livro, desse eu consegui tirar uma coisa importantíssima, é preciso esperar a hora certa das coisas e aprender a confiar nas pessoas certas.
Contos são sempre bons e esses também são. Para quem gosta da Cinderela ou A bela e a fera e tantos outros também se identificará.

2 comentários:

  1. Otimo livro...Otima resenha!
    já vou colocar esse na minha listinha de compras!

    beijos

    Viajando na Imaginação

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, sim coloque ele na sua listinha vale a pena!
    Abraço

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar e volte sempre !